quarta-feira, 20 de junho de 2012

Deixa sair: A dieta contra cândida emagrece, sim

De: Kelli
Para: Deixa sair

De vez em quando recebo um email como este, generoso, reconfirmando a importância da alimentação como base da saúde. Mas o extraordinário é a disposição de enfrentar a dieta, que muda hábitos dos quais a gente se torna dependente. Que a experiência da Kelli possa ajudar muitas outras pessoas pelo mundo afora. Valeu, querida!

"Fiz a dieta à risca por 2 meses, o resultado foi o fim da candida e 10 quilos a menos. Logo na primeira semana se foram 3 quilos e nos lugares certos, na cintura e outras gordurinas localizadas. Cheguei a perder 8 cm de medida na cintura e quadris. Portanto muito obrigada, a dieta é fenomenal, fiz pensando em acabar com a candida e ganhei esse presente de ficar mais magra.
 "Foi em meados de setembro de 2011. Já tinha feito varias dietas porque estava com sobrepeso, eu tenho 1,55m e estava pesando 64 a 65 kg, realmente não estava bem.  Quando procurei "cândida" no google e achei seu blog eu não estava pensando em emagrecer, só queria me livrar delas. Até chorei quando vi a lista dos problemas causados por elas, eu tinha todos!!!! 

"No mesmo dia comecei a dieta, nem acabei de comer o pacote de biscoito que estava aberto, nem os bombons que eu havia comprado, nem de beber a garrafa de vinho que estava aberta e nem os pães maravilhosos que meu marido fez questão de comprar naquele dia. Ninguém acreditava que eu ia ter força de vontade e realmente cumprir uma dieta. Mas eu tive, eu estava determinada! Cada vez que eu tinha vontade de comer alguma coisa que não estava na dieta, pensava comigo: quem quer comer isso não sou eu, são as cândidas, e elas têm que morrer!!!! Isso me dava força pra seguir em frente.

"Quase morri de fome nos três primeiros dias, mas no quarto em diante já estava acostumada à nova maneira de me alimentar. Depois de 14 dias a mudança na silhueta já era visível, depois de um mês e meio precisei mandar apertar todas as minhas calças! Hoje estou pesando de 54 a 52 kilos, quando chego a 54 diminuo a comida e chego nos 52 de novo, já voltei a comer quase tudo que eu comia antes, pizza, frutas além de melancia e goiaba, e outras guloseimas com muita moderação, só açúcar que eu bani mesmo.

"Ainda quero chegar no peso de 48 kilos. Às vezes começo a fazer a dieta de novo, mas acaba que no lanche da faculdade como um pão de queijo com um capuccino... (sou mineira de Belo Horizonte rssss)

"Nisso descobri um detalhe muito importante da dieta: para emagrecer mais, não adianta fazer parcialmente . Só funciona quando a gente realmente segue à risca. Pra ajudar a seguir eu bebia muito chá de camomila sem açúcar nem adoçante, acostumei com o gosto e continuo tomando. Vou fazer a dieta de novo, mas agora com o propósito só de emagrecer mesmo. Viajo nesse fim de semana e quando voltar começo de novo, porque quero aproveitar a culinária do lugar que eu vou rssss. Outra vantagem da dieta é que o peso não volta com facilidade, como ocorre em outras dietas; claro que não pode fazer nada insano, se comer uma caixa de bombom inteira até um faquir vai engordar, né!

"Há muito tempo queria lhe agradecer e lhe dar esse feedback, fiquei pensando se você saberia que a dieta teria esse efeito colateral (maravilhoso!!!) e quem sabe poderia até escrever um livro com essa dieta mas com o foco de emagrecer. Falo do seu blog para todas as minhas amigas que querem emagrecer e acabar com as cândidas! Hoje mesmo acessei pra passar o link pra uma amiga..."

75 comentários:

Regina disse...

S^nia boa tarde! Estou grávida há 6 semanas e as cãndidas têem me consumido, dor ardência coceira, estou quase surtando! vc acha que há alguma restrição em fazer esta dieta, minha G.O já me receitou várias pomadas mas num tá resolvendo não!! não sei o que faço..

Sonia Hirsch disse...

Oi, Regina, não há inconveniente em melhorar a dieta, tirar açúcar, refrigerante, sobremesa, enfim: tudo o que é supeérfluo e acirra a cândida. Vá experimentando aos poucos para ver se melhora, não faça nada radical. Para tratamento local há muitas possibilidades antifúngicas não medicamentosas. Também pode usar azeite de alho, probióticos e outros melhoradores das condições dos tecidos. Consultar um(a) nutricionista seria importante. Um abraço!

Renata disse...

Eu também tive cadidiase a gravidez inteirinha. Foi assim que conheci você. Caí pra trás quando vc descreveu tudo o que náo podia comer: era toda a minha alimentação. O nenê teve sapinho logo que nasceu, tratamos com remédio. Você acha que dá pra fazer a dieta amamentando?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Renata, acho que dá para melhorar muito a alimentação sem cair numa dieta radical. Vai depender da sua capacidade de resistir às piores tentações... Um abraço!

Bel disse...

Oi Sonia. Gostaria de saber da senhora se os antifúngicos como o óleo de coco e o alho atingem os fungo em sua forma de micélio? Desde já, muito obrigada.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Bel, pense assim: micélio é fungo? Alho e óleo de coco (entre muitos outros) são antifúngicos? Logo... Um abraço!

Renata disse...

Oi Sônia!!

Tenho procurado restringir algumas coisas de alimentação sem fazer a dieta, porque estou amamentando ( e tenho uma fome...rs) mas já percebi que alguns dias quando como meu ovinho cozido pela manhã, fico com uma rinite alérgica.
Vc já teve isso? Eu já tive coriza tomando leite, mas com ovo nunca tinha me ligado. Como hj,por exemplo, eu comi só isso no café da manhã, não pode ter sido outra coisa,né?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Renata, é ovo orgânico, caipira? Porque se for comum, sim, provoca sintomas porque foi produzido com mais hormônios. Ovos estão sempre na lista de possíveis fatores de reação alérgica, mas há ovos e ovos. Mais hormônio, mais cândida.

É sempre bom temperar ovos com cúrcuma e orégano, por exemplo, ou cebolinha verde picada. Quem tem sintomas pode reduzi-los melhorando as condições da digestão através dos temperos - que a isso servem em primeiríssimo lugar. Um abraço!

Renata disse...

é ovo vermelho, Sonia, mas não é orgânico não...eu ainda não uso tudo orgânico, vou fazendo escolhas e comprando uma coisa aqui e outra ali. Obrigada pelas dicas, ovos orgânicoss já vi que precisam estar em primeiro na lista.
Um beijo!

Anônimo disse...

Olá Sonia. Um caboclo me indicou o chá de espinheira-santa quando eu passava por uma das piores crises de cândida. Tenho tomado e sinto que o corrimento aumenta bastante nos primeiros dias, mas que lá pelo quarto, quinto dia ele quase não existe. Tenho me sentido bem melhor, mas quero aliar o chá com a dieta. Gostaria de saber se a senhora teria algo para falar sobre a espinheira-santa no tratamento da candidíase. Obrigada.

Kelly Domi disse...

Oi Sônia td bem? Sou recém casada e a Cândida anda acabando com o meu namoro. Comecei a dieta radical faz 4 dias e nao tem sido nada fácil, tonturas, sono e dor de cabeça, mas estou firme. Tenho dúvidas sobre alguns alimentos. Açaí, maracujá, pimenta de cheiro, pimenta biquinho, kiwi e vinagre balsâmico tb estão proibidos?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Kelly, você leu o livro ou olhou o que está no blog www.candidiaseapraga.blogspot.com ? O que eu tenho para ajudar está lá. Lembre-se de que as restrições não são para o resto da vida. Força nas tranças! Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Ops... desculpe, achei que estava no outro blog. É neste que você pode ler o que ajuda e o que atrapalha, se não tiver o livro. O mais seguro é se ater ao que ajuda e eliminar o que atrapalha.

Elis Melo disse...

Sonia: já faz algum tempo que a cândida apareceu em mim, fui a um ginecologista assim que surgiu a primeira crise (que por sinal, foi horrível: muita coceira, ardência, corrimento...), usei alguns cremes e melhorei, mas infelizmente todo mês alguns dias antes ou após minha mentruação tenho recidiva, mas que são fraquinhas, nada se compara aquelas primeiras> (Graças a Deus) Não aguento mais usar esses cremes vaginais... Adoro doces, não consigo fazer regime, porque sou magra demais. Senão vou sumir. Sou muito estressada, acho que isso também influencia... e tomo anticoncepcional. O que eu faço? acha que deveria procurar uma nutricionista? parar meu anticoncepcional?

Elis Melo disse...

menstruação* (saiu errado ali)

Sonia Hirsch disse...

Oi, Elis, o problema com a pessoa estressada é que tudo fica estressado junto, e geralmente não há tempo, calma e disposição para entender que o corpo é um sistema que precisa de autorregulação.

Como tudo o que sei sobre candidíase, vermes e dietas já está publicado, inclusive aqui, coloquei uma crônica lá no Deixa Sair especialmente para você. Quem sabe te anima? Um abraço!

http://www.soniahirsch.com/2012/10/viver-melhor-o-corpo-se-regula-se-gente.html

Aline disse...

Oi Sônia!
Qual livro fala sobre alimentação para a candidíase e qual profissional você indica para eu buscar tratar isso?

Obrigada!

Sonia Hirsch disse...

Oi, Aline,
se você olhar no alto desta página vai ver o livro, e à direita tem um selo com o preço que te leva à página de compras do meu site. Um abraço!

Cândida BH disse...

Oi Sonia, desde que achei seu blog, tenho entendido mais sobre esta doença, minha xará, que me aflige há anos. Lembro de ter candidíase desde os 9 anos. Porém, recentemente, venho saindo de tratamento e entrando em outro. Atualmente estou tomando cetoconazol há 2 meses e usando óvulos de ácido bórico, mas não estou vendo resultados. Por causa disto, achei seu blog e comprei o livro. Queria saber se existe alguma outra coisa para substituir os ovos na dieta radical, pois nunca gostei de ovo, só com o cheiro já passo mal. Estou na metade do livro, morrendo de medo de não conseguir fazer a dieta, mas com a certeza que só ela vai me devolver a saúde.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Cândida, você pode substituir os ovos por quaisquer outros alimentos dentro das restrições da dieta. Boa sorte, força nas tranças! Um abraço!

Juliana disse...

Oi Sônia,
Esse problema vem me incomodando muito, ha meses e meses, talvez já tenha um ano que ela vem e volta todos os meses. Queria fazer essa dieta, mas eu já tenho um peso abaixo do meu ideal, então acredito que não seja muito viável pra mim. Uma pena...

Anônimo disse...

Oi Sônia,

Tenho candidíase crônica já faz um ano, tive algumas vezes antes mas com periodos espaçados. Tentei vários tratamentos, comprei o livro e estou fazendo a dieta radical há uma semana, os primeiros dias foram horríveis mas estou começando a me habituar com a dieta. Gostaria de saber quanto tempo deveria fazer a dieta radical antes de passar para a suave. Outra dúvida, as sementes de abóbora e girassol fazem parte da dieta radical? Ou apenas germinadas e seus brotos?
Obrigada,

Sonia Hirsch disse...

Oi, Anônima, as sementes de gergelim e girassol podem ser consumidas ao natural, sem sal, levemente tostadas, como parte da comida. Sobre a duração da dieta radical: geralmente são uns dois meses, mas pode ser menos. Você percebe que vai melhorando e um dia piora muito. É o sinal de que as toxinas entraram em circulação em maior volume. Veja no livro. Aí pode começar a fase suave. Força nas tranças! Um abraço!

Anônimo disse...

Ola, Sonia! Encontrei seu blog por acaso e gostei d+. Devido a quadros d infecçao urinaria q me ocorrem +/- a cada 3 ou 4 meses, tenho q fazer uso repetitivo d antibioticos e a cada tratamento reaparece a candida. Estou t escrevendo para agradecer pelo blog, acredito q mtas pessoas nao sabem q alguns alimentos poder favorecer a candida. Depois d saber disso imagino a candida como um gremiling, dependendo do q come vira um monstrinho. Peço q se puder me esclareça algumas duvidas: 1a) tenho endometriose e hipoglicemia, vc saberia me dizer se ha algum impedimento em fazer a dieta da candida por conta disso? Perguntei a um medico, ele me questionou o pq da dieta e nao me deu uma resposta conclusiva se posso fazer ou nao. 2a) fiquei em duvida em qual livro encontro a dieta e o cardapio, e se eh so pelo site correcotia q posso adquiri-lo. Antecipo meu sincero agradecimento, q DEUS t abençoe e t ilimune cada vez +. "Lilian"

Anônimo disse...

Ah! Esqueci d dizer... sou mto ansiosa tbm, ja fui medicada para tratar ansiedade, mas nao obtive resultado e hoje nao faço + uso desse tipo d medicamento, tento me controlar usando bom senso e força d vontade. Quem sabe a dieta pode ajudar nisso tbm... Obrigada! "Lilian"

Sonia Hirsch disse...

Oi, Lilian, me espanta você dizer que toma antibióticos com tanta frequência devido a infecções urinárias recorrentes. Ambas as situações - ter tanta infecção e tomar antibióticos - me parecem falta de um bom médico, desculpe a franqueza.

Hipoglicemia e candidíase crônica andam juntas. Controlando a cândida provavelmente você se sentirá melhor.

Sugiro que leia atentamente neste blog o capítulo "10 contra ela", que dá princípios fundamentais para se tratar. Inclusive da possível parasitose intestinal.

O livro está à venda nas boas livrarias e grandes redes, como Saraiva e Cultura, e pelo site mandamos para todo o Brasil com frete grátis. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Sônia, primeiramente gostaria de parabenizá-la pela clareza e qualidade do seu trabalho.
A dieta contra a candidiase é também indicada para quem tem endometriose? Obrigada, Elessandra.

Sonia Hirsch disse...

Elessandra, acho que há um caminho do meio na dieta do dr Barcellos, que é menos restritiva, mais fácil de fazer e muito eficaz na recuperação dos tecidos.

Segundo a dra Clark, a endometriose seria causada pela passagem de um parasita, a fascíola, pelo útero. Ao atravessar a parede uterina ela carrega consigo algumas células típicas do revestimento interno, que é o endométrio.

O endométrio se enche de sangue na primeira fase do ciclo menstrual, preparando o útero para nutrir um possível ovo, e se esvazia quando o óvulo não é fecundado. A finíssima membrana de suas células se rompe e deixa sair o sangue, nosso conhecido sangue menstrual.

Na endometriose, encontram-se pequenos pedaços desse tecido do endométrio em lugares distantes do útero. Faz sentido a afirmação da dra Clark de que as células são transportadas por turistas, ocasionais ou contumazes, do nosso próprio corpo interno.

Reencontrando a saúde, o organismo se encarrega sozinho de não deixar crescer tecidos nos lugares errados e também de limitar a presença de parasitas. Um abraço!

Mariana disse...

Queria saber onde eu consigo a dieta... tenho candida todo mês e não aguento mais. se puder me informar agradeço.

Sonia Hirsch disse...

Oi, Mariana, boa parte da dieta está aqui neste blog, e o livro cuja capa está lá em cima, com propaganda ao lado (errada, pois o preço do livro subiu para 38,50), o livro é um passo a passo para você melhorar sua saúde e se livrar dos ataques de cândida. Na dúvida, clique em http://correcotia.com/compras . Um abraço!

Carla Gomes disse...

preciso de juda

Anônimo disse...

Oi Sonia, td joia? gostaria de tirar uma duvida, não sei se vc tem conhecimento, o medicamento Yestreol é realmente eficaz como se vê na internet, desde já muito obrigadoo.
Meu nome é João!!!

Sonia Hirsch disse...

Oi, João, não conheço. Mas, como não canso de repetir, muita coisa mata os fungos, inclusive bicarbonato. O problema é restaurar a imunidade dos tecidos e impedir que voltem. Para isso, só mesmo controlando a boquinha. Um abraço!

Anônimo disse...

Te incomodando novamente, eu tive candidiase genital, ai o urologista fez a cirurgia de postectomia dizendo q eu iria estar curado se a fizesse, eu fiz, só que msm assim fica irritado a regiao, mas nao tenho corrimento, e agora meu intestino esta ruim, ardencia no anus, a minha pergunta é, qual exame eu faço para constatar que realmente estou com candidiase intestinal, vc sabe me dizer??? João novamente. obrigadoo!!

Sonia Hirsch disse...

João, procure ler mais a respeito do que já tenho escrito. Sugiro fazer o questionário que está em www.correcotia.com/mulheres/questionario.pdf . Serve para homens, mulheres, velhos, crianças. Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

PS - Só para adiantar: a candidíase SEMPRE prospera no intestino. O fungo faz parte da nossa flora habitual e não incomoda nem prospera se não lhe dermos açúcar, leite, pãozinho, docinhos e outros alimentos que são melhores para ele do que para nós.

Tuli disse...

Olá, Sonia!!!
Adorei seu blog e as dicas.
Com certeza vou comprar seu livro para seguir direitinho a dieta.
Há 1 mês atrás uma médica me falou sobre o Candida Clear, que é um medicamento vendido neste site: http://www.thecandidadiet.com/
E por causa deste site eu encontrei o seu blog, porque fui pesquisando a respeito do assunto e o seu tratamento e o da Candida Diet são muito parecidos.
Já tentei vários tratamentos para combater a candidíase, mas depois que li seu blog percebi que enquanto não mudar meus hábitos alimentares e ser disciplinada não vou conseguir bons resultados.

Abraços!!!

Joana Ferreira disse...

Oi pessoal! Se querem parar a candidiase de forma definitiva entao vao a este site e comprem o livro escrito pela especialista Americana Linda Allen. Pra mim resultou e as minhas crisis acabaram.

Carreguem so no meu Link, bj

mario disse...

Olá, Sônia, tudo bem?
Comprei seu livro e estou para começar a dieta.
Tentei, por duas semanas, cortar todas as comidas proibidas. Foi terrível. Além de me sentir meio "tonto" - acredito que pela falta de carboidratos - quando tive chance ataquei forte os doces. Fraquejei.

Bem, agora eu comprei o óleo de coco e em breve chegará minha iorgurteira.

Sinto muita vontade de melhorar com a dieta, mas me parece impossível, pelo menos nessa altura de minha vida (estou no último semestre da universidade) deixar de comer todos os alimentos proibidos. Se eu me sentir por dois meses como eu me senti nessas duas semanas - meio desligado, pensando o tempo todo em comida - não conseguirei nem melhorar da cândida, nem me formar na universidade.

Veja, quando digo que quero comer carboidratos não estou falando de macarronada, nem de bobabens de padaria. Eu gostaria de saber se há alguma chance de eu obter melhora comendo um pouco de arroz e feijão no almoço e algumas frutas por semana (fora as liberadas, é claro).

Sei que isso está fora da dieta suave, mas é que sentir fome o dia inteiro não está sendo benéfico para mim.

Ah, mais uma coisa. Minha mãe sofre, tadinha, há um ano com os "sintomas" da menopausa. Além disso ela teve um princípio de derrame há dois anos, foi internada e etc, tem início de diabetes, pressão alta e tudo mais. 56 anos. E, pra terminar, se alimenta muito mal.

Qual livro seu aborda esses problemas que ela enfrenta? Pensei no "Só pra mulheres". É uma boa escolha?

Obrigado, abraços

Sonia Hirsch disse...

Mario, sugiro ler o capítulo "10 CONTRA ELA" e prestar atenção em tudo, especialmente na questão dos vermes.

Também sugiro você e sua mãe começarem pela dieta do dr Barcellos, que está em http://www.soniahirsch.com/2012/12/feliz-ano-novo-poderosa-dieta-do-dr.html . Um abraço!

mario disse...

Voltei, Sônia, dessa vez sem candidíase.

A dieta só funcionou comigo quando fechei todos os pontos: iogurte, probioticos, porções, fibras, paciência, etc. Depois de um tempo, quando os resultados surgem, fica muito mais fácil também. Reservei um dia da semana para comer o que eu quiser, sem exagero, é claro. Ao sair para beber ou almoçar com amigos eu me mantenho são. Acho que isso mais ajuda do que prejudica minha saúde.

Coisa engraçada que eu sempre li aqui neste blog era o depoimento das mulheres dizendo que a vida delas havia mudado. Que agora estavam mais dispostas, sem canseira, com outro astral.
Que surpresa boa quando senti em mim essa mudança. Olha, eu, que sempre fui um reconhecido preguiçoso por todos, eu que odiava levantar cedo, ainda me espanto quando pulo da cama as sete da manhã, mais pronto do que nunca para começar o dia.

Um muito obrigado, o que é muito pouco, porque você merece mais, Sônia.

Abraços

Sonia Hirsch disse...

Mérito seu, Mario! Eu só passo a informação e fico torcendo pra dar certo ;-) Um abração!

Jurcilei disse...

Bom dia, onde localizo esta dieta contra cândida emagrece ?

Jurcilei disse...

Onde localizo esta dieta contra cândida que emagrece ?

Sonia Hirsch disse...

Oi, Jurcilei, partes da dieta estão aqui no blog, vá lendo os posts. Outros posts sobre candidíase em www.soniahirsch.com - blog Deixa Sair. Mais em www.correcotia.com/mulheres. E o programa completo, com passo a passo, no livro Candidiase a praga, que você encontra em www.correcotia.com/compras, frete grátis, ou nas boas livrarias e lojas de produtos naturais. Um abraço!

Márvores disse...

OLá Sônia,conheci seu blog á dois dias, e como quase todos, estava á procura de ajuda para acabar com a candidiase. Minha dúvida é a seguinte: Sou vegetariana, e sendo assim a dieta radical torna-se ainda mais radical. Tem alguma sugestão prá amenizar o grau de dificuldade??

Sonia Hirsch disse...

Márvores, alguns autores sustentam que é possível lidar com a candidíase sem abrir mão do vegetarianismo, comendo cereais brotados, castanhas, sementes e tal. Eu acho muito difícil. Um desses autores é o prof. Paul Pitchford, no livro Healing whith whole foods, que você encontra na Amazon também em edição espanhola. Ele prescreve vários tipos de dieta; seria o caso de você ler e decidir o que fazer.

Mariana disse...

Olá Sônia! Venho acompanhando seu blog desde quando tive a primeira crise de candidíase vaginal há 3 meses atrás e não quero deixar essa praga me atrapalhar pro resto da vida! Tenho 20 anos e tomei muuuito antibiótico na vida... Só agora fui descobrir que tinha todos sintomas de candidíase á tempos, a cistite foi algo que me incomodou por anos, cheguei á ter 5 crises por ano e em consequência o médico sempre me receitou antibióticos. Estou fazendo a dieta radical, mas está sendo difícil pois sou muito magra e até agora já perdi 4kg em 10 dias. Mas estou firme e forte na dieta! Toda vez que me dá vontade de comer algo proibido, eu penso na minha saúde de volta... Gostaria de saber se posso comer Moranga kabutia refogada? E eu gostaria de saber também se a gordura ruim alimenta a cândida. Pode me indiciar um site para eu comprar os lactobacilos? Me falaram que colocar babosa (alo vera) no suco verde é ótimo. Estou meio suspeita sobre estas coisas. Muito Obrigada!!

Anônimo disse...

Ola Sônia,

Minha dúvida é a seguinte o iogurte feito em casa com o potinho de iogurte natural industrializado também terá os lactobacilos vivos ou apenas se fizermos o mesmo com o fermento lácteo?

Desde já agradeço!

Anônimo disse...

Oi Sonia, Eu tenho uma mania d toda vez q vou tomar banho eu vejo a minha parte intima pra ver se esta tdo bm, mas ai no dia 16 desse mes eu vi na minha parte umas camadinhas brancas dem cheiro, ai preocupada no outri dia fui fazer exames... Mais antes eu n sabia sobre esse assunto, so fui qrer ter informacoes qndo vi o meu exame e consta q estou com rara levedura em brotamento de candida spp...
E gostaria de tirar uma duvida.
Eu qria saber se a candida atrapalha na mestruacao? Pois era pra mim ter mestruado dia 21 e ate agora nada.
Obg pela atencao.

Sonia Hirsch disse...

Oi, meninas, desculpem a demora, estou com a conexão lentíssima ou ausente, viva a Oi! Vamos lá:

Mariana, pode e deve comer kabotiá, que para quem não sabe é a abóbora japonesa. Gordura ruim alimenta a cândida e outras péssimas interações bioquímicas. Babosa no suco verde é bom, maçã no suco verde é péssimo, olho vivo: um suco verde com maçã é um suco de maçã com verdes e significa uma grande quantidade de frutose, que a cândida adora. Não pode comer maçã na dieta da candidíase. Lactobacilos no Brasil, não sei. Importava de www.flora-balance.com .

Anônima 1: industrializados não têm nada vivo. Como produziriam um bom iogurte? Aqui neste mesmo blog há todas as receitas e explicações. Leia, pliz...

Anônima 2: candidíase crônica atrapalha muito a menstruação. Você pode avaliar sua situação no teste que está no livro ou em www.correcotia.com/mulheres/questionario.pdf .

Abraços!

Anônimo disse...

Oi Sonia,
Estou começando a dieta, mas tenho algumas dúvidas. Eu sou crudivora mas minha alimentação é basicamente só frutas, então gostaria de saber qual a quantidade de melancia que posso comer por dia e se posso comer todos os dias de café da manhã?
Também vi que posso comer girassol e outra sementes germinadas, qual a quantidade diária?
E você já ouviu falar do probiotico kombucha, será que eu posso tomar?
Muito grata,
um abraço,
Mariana.

Anônimo disse...

Oi Sônia,
Comecei a dieta na quinta mas estou desesperada para comer uma fruta, algo com sabor doce.
Preciso saber a quantidade de melancia posso comer no dia?
Posso comer abacate?
E o kombucha, estou tomando mas não sei se deveria?
Qual o tempo mínimo para a dieta fazer efeito uma semana? duas semanas? um mês?
Muito grata,
um abraço,
Mariana.

priscillacuty disse...

Oi Sonia, eu tenho candida faz muito tempo mesmo. Eu comprei um livro brasileiro de como me livrar da candida & um livro muito bacana americano da Linda Allen. Talvez voce ja deve ter ouvido falar. Agora eu descobrir esse blog seu maravilhouso! So que eu nao to conseguindo achar aonde e que ta a dieta pra me livrar da candida no seu blog. voce poderia me ajudar? Pelo que eu ja li , ja percebi que se eu nao mudar minha alimentacao nao vou me livrar da candida nunca. Vou pegar a sua dieta e leva-la a uma nutricionista assim ela vai poder me ajudar a organizar minha alimentacao baseado na sua dieta. Brigado sonia. To aguardando o link da dieta, porfavor. brigado!!!!

Sonia Hirsch disse...

Priscilla, a dieta completa, com passo a passo, está só no livro. Pensei que daria para publicar tudo no blog mas fica fragmentado demais. O livro está nas grandes livrarias como Saraiva, Cultura, da Vila e Travess, e mandamos com frete grátis através de www.correcotia.com/compras. Força nas tranças! Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Sonia tudo bem?

Comprei seu livro e esta sendo uma maravilha, alem da dieta adotei as capsulas de óleo de alho e também capsulas de óleo de coco, estava tomando a de alho junto com o almoço mas li no seu livro que não se deve tomar juntos lactobacilos (tomo o kvass de beterraba no almoço também )e fungicidas. A minha dúvida é: Posso tomar logo pela manhã a capsula de coco e de alho ao mesmo tempo?
Abraços

Sonia Hirsch disse...

Poderia tomar as cápsulas de óleo coco antes de comer e as de alho depois, para não caírem no estômago vazio...

Anônimo disse...

Oi Sônia, que bom que te encontrei. Estou depositando na sua dieta minhas últimas esperanças. Sofro de candida de repetição a mais de uma década, nenhum remédio alopático funciona. A única coisa que resolveu foi um tratamento com vacina que fiz, por 2 anos. Mas depois que meu filho nasceu, estou tendo crises horríveis, com corrimento e feridas. Sabe me esclarecer a relação com a gravidez? obrigada!!!!

Sonia Hirsch disse...

A gravidez pode alterar muito o metabolismo do açúcar, tanto que às vezes rola uma diabetes gravídica. Mas também é preciso olhar para sua alimentação, durante e após. A candidíase revela uma tendência a acumular umidade, o que é bom para os fungos. Se for mesmo fazer a dieta, sugiro comprar o livro, que tem um passo a passo, explicações detalhadas e sugestões de rotina e de cardápio. Nas principais livrarias. Frete grátis: www.correcotia.com/compras . Um abraço!

Anônimo disse...

Boa Tarde Sônia tudo bem?

Fiz a coalhada em casa ficou ótima, deliciosa ai pensei no seguinte: já que o soro da coalhada é rico em lactobacilos,posso injeta-lo com uma seringa (sem agulha claro) na vagina? Meu pensamento tá correto ou já tô ficando tão louca com esse assunto que tô começando a falar besteiras.

Grande abraço Sonia

Sonia Hirsch disse...

Bom, se pode iogurte, por que não poderia o soro da coalhada? Experimenta e conta pra nós, somos todas da mesma enfermaria… Abraço!

Anônimo disse...

Ola sonia tudo bem?
Estou na dieta a um mes, como um pouco de castanha as vezes isso pode me fazer mal? Tirando isso só bastante verdura com execao de tomate e carnes e ovos de boa qualidade como os caipiras...
Sonia a 2 meses não apresento mais sintomas somente meu corrimento que cresceu absurdamente antes quse nao tinha agora esta horrivel , acompanhado de uma dor muito forte que persiste todo o dia na regiao genital mas sem ardencia ou coceira...passei por uma bateria de exames e gostaria de saber se o exame não detectar a candida significa que não trnho candidiase?
Obrigada e uma otima semana.
Beijos
Amelia

Anônimo disse...

Ola,

Existe algum teste para descobrir se tem candidiase?

Acredito que tenho, mas o ultimo medico disse que nao eh nada. Mas sinto todos os sintomas ha anos.

Ja tentei varios urologistas e nada. O mesmo ocorreu com meu pai, ate sugeriram cirurgia no penis (sugeriram o mesmo para mim), que absurdo. O caso dele era diabetes. Controlou a diabetes e os sintomas sumiram.

Estou pensando em fazer a dieta radical. Posso comprar o livro em pdf?

Grato.
Leandro

Sonia Hirsch disse...

Leandro, ainda não estou comercializando o pdf, só envio em emergências por enquanto. Se for uma emergência, me escreva: shirsch@uol.com.br .
O teste está em www.correcotia.com/mulheres/questionário.pdf . Um abraço!

Sonia Hirsch disse...

Amelia, desculpe, não recebio o email com seu comentário, que o Blogger sempre manda, por isso não vim aqui responder. Desde abril - você já deve estar boa, né? Um abraço!

Rebeca disse...

Olá Sônia. Queria deixar aqui um pedido,a você ou aos leitores que estejam seguindo a dieta. Gostaria de sugestões de pratos, principalmente lanches, que estejam liberados. Estou encontrando muita dificuldade em sair do "pão e biscoito" principalmente no trabalho. Outra questão que me preocupa também é o emagrecimento...já sou bem magrinha não gostaria de perder peso. Alguma sugestão??

Anônimo disse...

Sonia, estou fazendo a dieta radical a uma semana, e nao sinto mais nada. sera que ja estou boa e posso passar pra dieta suave? como adoro café começei tomar café descafeinado com leite zero lactose. posso continuar? obrigada pelo seu livro. abraço, Rosana

Sonia Hirsch disse...

Rosana, uma semana não dá para nada se você tiver de fato candidíase. A média são 2 meses na dieta radical :-(

E se você voltar a consumir anomalias como café descafeinado e leite zero lactose, provavelmente não vai melhorar de fato nunca. Um abraço!

juju disse...

Sonia qero começar a dieta, gostaria muito que vc escrevesse, uma rotina de alimentaçao, cafe almoço lanche e janta, oque comer para substituir os outros alimentos ? Desde ja agradeço! Queto muuuito me curar e primeiramente Deus vai me ajudar

juju disse...

E eu só tenho candisiase no periodo pré mestrual, oque isso quer dizer, é mais facil de curar por esse motivo?

Sonia Hirsch disse...

Juju, essa rotina está escrita no livro Candidíase a praga, com todas as explicações, passo a passo, etc...

Sonia Hirsch disse...

Não sei o que quer dizer isso. Experimente e observe!

Anônimo disse...

Oi Sonia. Estou fazendo a dieta radical a 1 mes e meio, porém durante 2 finais de semana tive festa e acabei comendo coisas erradas, a coceira voltou. Será que joguei todo esforço fora ou posso continuar agora a dieta normalmente?

Sonia Hirsch disse...

A vida é feita de altos e baixos, portanto é inevitável sair da dieta de vez em quando. Que seja com gosto, e observando os sintomas para ligar uma coisa à outra. Força nas tranças!

terra disse...

Olá Sonia a mais ou menos uns três anos que venho sofrendo com essa maldita praga... conheci seu blog a um tempinho porém ainda não tentei fazer a dieta, apenas diminuo o açúcar nas crises!
onde posso encontrar os probióticos? e como posso usar-los?
aguardo a resposta..
um abraço.